Mãe e filhos morrem de Covid-19 após jantar de família; Existem mais infectados

Está situação se passou nos Estados Unidos da América , e vale a pena refletir se devemos prejudicar toda a família, ou tentar nos mantermos afastados para que ninguém possa perder alguém que amamos.

PUBLICIDADE

Neste momento é extremamente difícil para todos nós ficar longe das nossas famílias, mas esta história aqui contada é real.

Está situação se passou nos Estados Unidos da América , e vale a pena refletir se devemos prejudicar toda a família, ou tentar nos mantermos afastados para que ninguém possa perder alguém que amamos.

PUBLICIDADE

A família de que vamos falar agora é residente em Nova Jérsia, nos Estados Unidos da América, acabou de perder a terceira pessoa da família, vitima do coronavírus.

Esta família se uniu toda para um jantar comum, simplesmente para estarem unidos, foi a partir de um dos membros da mesma que espalhou o vírus aos outros elementos da família, durante esse mesmo jantar.

PUBLICIDADE

Pelo que o Daily Mail adiantou, 7 dos elementos da família contraíram o coronavírus, através de um outro familiar que já estava infetado.

Este encontro era comum juntarem-se todas as semanas, ás 3ª feiras.  Ao que se sabe, foi depois deste jantar de família que teve a primeira pessoa morta, vitima do coronavírus, na cidade de Nova Jérsia.

PUBLICIDADE

John Brennan, era treinador de cavalos, e tinha sessenta e nove anos, era o amigo da família que terá sido convidado para se juntar num desses jantares.

Rita Fusco-Jackson, a primeira vitima mortal tinha cinquenta e seis anos, não resistiu acabando por falecer na passada 6ª feira. Onde nesta 4ª feira, seus outros dois familiares perderam também a batalha contra o vírus, seu irmão, tal como a mãe.

Uma senhora de setenta e três anos. Morrendo apenas com poucas horas de diferença. Sendo que 4 das crianças que fazem parte desta família estão internadas, e seu estado é bastante critico e encontram-se internados no Centro Médico de Central State, em Nova Jérsia.

Existem ainda vinte pessoas da mesma família a cumprir quarentena. Tal como em todos os outros países, nos Estados Unidos da América, existem mais de nove mil e quatrocentos infetados, mortes já passam das cento e cinquenta registadas.

PUBLICIDADE

Escrito por Por Dália Maria

Gosto de escrever sobre vários assuntos da atualidade, mas dou preferência á saúde e receitas. Esse é o meu foco.