Mãe mata dois filhos adolescentes e planejava matar outros quatro

Mulher matou dois filhos e planejava matar outros quatro. Ela contou com ajuda de comparsa para realizar os crimes.

PUBLICIDADE

“Amor só de mãe”. Essa frase é famosa e bastante usada para expressar o quão grande e verdadeiro é o amor da mãe por um filho e que nenhum outro sentimento é capaz de chegar perto do amor que uma mãe sente por seu filho.

Mas nem sempre isso é verdade. Muitas vezes, o amor de mãe não é tão grande assim. Em outros casos, esse amor, na verdade, é ódio e pode desencadear situações inimagináveis.

PUBLICIDADE

Se por um lado já lemos notícias de mães que deixaram de comer para dar de comer aos seus filhos, temos o outro extremo. Este é o caso da inglesa Sarah Barrass, de 35 anos.

A moradora de Sheffield, na Inglaterra, vai entrar para a história como uma pessoa que cometeu dois crimes bárbaros e poderia ter ido além disso. Mãe de seis filhos, Sarah matou dois deles e planejava matar os outros quatro.

PUBLICIDADE

Sim, a história é essa mesma. Sarah matou Tristan, de 14, e Blake, de 14, e planejava matar os outros quatro filhos, todos nesta faixa de idade.

Os irmãos Tristan e Blake morreram em maio. Até hoje, cinco meses depois, as mortes não foram esclarecidas. No tribunal, porém, Sarah confessou ter cometido os crimes. Para isso, contou com a ajuda de Brandon Machin, de 39 anos.

PUBLICIDADE

As investigações realizadas no caso mostram que Sarah tramou a morte dos dois filhos entre os dias 14 e 20 de maio. No dia 23, os adolescentes foram mortos. Neste mesmo dia, dois filhos conseguiram sobreviver. Ou seja, a ideia era matar quatro deles de uma vez.

Os crimes chocaram Sheffield. O juiz Jeremy Richardson, responsável por julgar o caso, afirmou que nenhuma palavra poderia refletir o que Sarah e seu comparsa fizeram. Segundo ele, os crimes falam francamente por si mesmo.

O magistrado afirmou ter poucas dúvidas de que a dupla será condenada a prisão perpétua. A sentença final será divulgada no dia 12 de novembro. As informações foram divulgadas pelo The Guardian e estão repercutindo em todo o mundo devido ao grau de choque causado pela notícia de que uma mãe matou dois filhos e queria matar outros quatro.

 

 

PUBLICIDADE

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista profissional desde 2015. Escrevo sobre política, famosos, curiosidades e tudo que possa render bons textos e boas histórias!