Mãe do menino Gael diz não se lembrar da morte do filho, afirma advogado

Defesa diz que ainda que a mãe da criança tem traumas por conta de uma relação abusiva com o pai da filha mais velha

PUBLICIDADE

Gael de apenas três anos de idade foi morto no último domingo (9) mas a mãe do garoto afirma não se lembrar do momento da morte do filho

De acordo com o advogado de defesa Fábio Costa ela teria tido uma crise e um lapso de memória entre a noite do último domingo até à tarde da segunda-feira.

PUBLICIDADE

Ela foi presa por volta das 5 horas da madrugada da terça-feira e disse não se lembrar de nada, apenas que estava deitada com Gael, ela teria ido tomar banho dormindo e se lembra apenas quando as pessoas a tiraram debaixo do chuveiro.

O advogado disse que a mãe do garoto tem vários traumas uma relação abusiva com o pai de uma filha mais velha, todos os problemas que ela enfrentou no passado à afetaram profundamente e por isso precisou ficar internada em tratamento psicológico mas de duas vezes.

PUBLICIDADE

Segundo o advogado a mulher tem várias dificuldades, ela passará por audiência de Custódia e os advogados já estão pensando em pedir relaxamento da prisão.

Gael de Freitas Nunes de três anos morreu com diversas sinais de agressão pelo corpo, ele morava junto com a família no bairro Bela Vista no centro de São Paulo.

PUBLICIDADE

A mãe foi presa em flagrante é a principal suspeito de espancar a criança até a morte, o caso foi registrado na primeira delegacia de defesa da mulher e registrado como homicídio qualificado.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.