Mãe do menino Ítalo de 7 anos que morreu com um tiro na cabeça sonhava em ter um filho e engravidou aos 40 anos e Ítalo: “Virou um anjinho”

Familiares relataram que a mãe de Ítalo, sonhava em ter um menino, engravidou dele aos 40 anos.

PUBLICIDADE

Ítalo de apenas 7 anos morreu no dia 30, foi atingido na cabeça quando estava brincando no portão de casa, ele chegou a ser socorrido e levado para o pronto atendimento, mas de acordo com a prefeitura quando deu entrada na unidade ele já estava sem vida.

O enterro do pequeno Ítalo aconteceu na última quinta-feira no cemitério de Vila Rosali, o velório foi marcado com muita emoção, tristeza e dor, não somente pelos parentes mas amigos e vizinhos, cerca de 200 pessoas se reuniram no local para prestarem o seu adeus.

PUBLICIDADE

Alguns usavam camisetas com a frase saudade eterna, segundo os familiares dois ônibus levaram parentes e familiares para o cemitério, para se despedir de Ítalo, muitas pessoas precisaram de atendimento médico porque passaram mal na cerimônia, todos estão inconformados com o que aconteceu com o menino de apenas sete anos.

Familiares relataram que a mãe de Ítalo, sonhava em ter um menino, engravidou dele aos 40 anos, no dia 23 de fevereiro quando completou sete anos ele queria uma festa, mas devido a pandemia ela foi adiada, familiares marcaram para setembro, todos estão arrasados e disseram que será muito difícil seguir em frente.

PUBLICIDADE

No cemitério, os familiares deram o seu adeus, disseram que ele virou um anjinho, foi para o céu, mas a família ficou desolada na terra, por perdeu uma criança tão amável e adorável, muitos não tiveram condições de falar, precisaram ser medicadas, devido ao tamanho da dor.

PUBLICIDADE

Segundo a plataforma fogo Cruzado, este foi o terceiro óbito em menos de 7 dias, poucos dias antes foi baleado Kauan de 11 anos e Raiane de 10 anos, foram atingidos e perderam a vida, ambos eram da Zona Norte.

Um inquérito foi instaurado para apurar a morte de Ítalo, foi realizada uma perícia e testemunhas foram ouvidas, a delegacia de homicídios da Baixada Fluminense está investigando o caso.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.