Mãe é presa após tirar a vida do próprio filho autista, jogando ele dentro de um poço

O adolescente de 17 anos de idade, teria morrido afogado após ser atirado dentro do poço pela mãe.

PUBLICIDADE

O crime teria ocorrido nesta ultima segunda feira, em Cabanelas no concelho de Mirandela, a própria mãe teria confessado ser a autora do crime e foi presa.

Isso teria ocorrido por volta das cinco horas da tarde, dentro de uma casa que fica localizada a pelo menos 1 km do centro da aldeia onde eles residiam.

PUBLICIDADE

Mesmo as autoridades policiais não terem a prova de que seria a própria mãe a matar o adolescente, elas mesmo teria revelado a um vizinho através de uma ligação que tinha tirado a vida do filho, que além de autista possuía problemas de epilepsia.

Nesse momento o caso acabou chegando ao conhecimento de todos, inclusive da GNR de Mirandela, que ficou responsável por enviar ao local do crime alguns militares.

PUBLICIDADE

Eles também contaram com a ajuda de uma equipe de profissionais que atuam na área de mergulho, e de alguns voluntários para checar o local.

Após percorrerem pelo local durante 18 horas, três mergulhadores conseguiram localizar o corpo do garoto de 17 anos, identificado por Eduardo José, que estava bem no fundo do poço, numa profundidade de 3 metros.

PUBLICIDADE

A morte do adolescente foi constatada ainda no local pela delegada da área de saúde do distrito de Bragança, e em seguida removeram o corpo encaminhando para o instituto medico legal local para passar por uma autópsia.

Segundo apurado, a mãe do adolescente identificada como Fátima da Conceição, de 51 anos de idade, ela mesma teria confessado a autoria do crime.

Como relatado por uma moradora próxima, a intenção da mulher era acabar com o sofrimento em que passava com o filho, ela iria acabar com a própria vida também, mas não teria dado tempo.

A mulher reclamava que estava passando por momentos muito difícil em relação ao comportamento do filho, e isso a teria motivado ao crime.

Segundo Angelina Lopes, que é uma parente da família, a mulher havia reclamado que o filho estava muito agressivo, e que ela chegou até a trancar a posta de seu quarto durante a noite por medo dele.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.