Médica que mandou cortar o pênis do ex-noivo no passado é investigada por torturar o marido. Ele foi encontrado ferido em casa em meio a sujeira

Uma médica de 41 anos está sendo investigada na cidade de Tremembé em São Paulo

PUBLICIDADE

Uma médica de 41 anos está sendo investigada na cidade de Tremembé em São Paulo. Myriam Priscila de Rezende Castro tem 41 anos e mora na cidade de Tremembé em São Paulo. Myriam é natural de Minas Gerais onde chegou a ser presa por mandar cortar o pênis do ex-noivo no ano de 2002.

A Polícia Civil está investigando a médica depois que recebeu uma denúncia de que um homem estava sendo vítima de agressão. Através das redes sociais a médica compartilha a rotina que mantinha de humilhações e agressões ao marido que geralmente parecia estar dopado de remédios.

PUBLICIDADE

A polícia chegou a cumprir um mandado de apreensão na casa do casal. Lá a polícia encontrou o marido da médica ferido juntamente com suas crianças. Eles não deram detalhes se as crianças estavam feridas também.

Durante a apreensão na casa da médica a polícia disse que encontrou muita sujeira, o local estava em péssimas condições de higiene e inabitável com muitas fezes de animais espalhadas pelo chão.

PUBLICIDADE

No local também haviam 15 cães, uma cobra, ratos coelhos e uma porca. A polícia ainda informou que no freezer da casa tinha uma ave, coelho e cachorros congelados. A médica já teria passagem na polícia por ter mandado cortar o pênis do seu ex-noivo depois que ele decidiu terminar o relacionamento com ela dias antes do casamento. Ela teria contratado homens para mutilar o noivo na época.

 

Via: folhavitoria.com.br

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.