Menina de 13 anos é arrastada para lote vago, agredida e abusada por primo de 30 anos: “Estamos indignados”

O crime teria ocorrido após a vítima visitar um bar, no bairro Bom Jesus, acompanhada pelo pai. Dois outros primos os acompanhavam. Um terceiro primo, suspeito de cometer o crime, estava no mesmo local, mas em outro ambiente.

PUBLICIDADE

Um absurdo que tem se repetido todos os dias é o abuso de crianças e adolescentes, na última segunda-feira (6) uma menina de 13 anos chegou a procurar a polícia militar informando que ele tinha sofrido abuso pelo próprio primo de 30 anos.

O caso aconteceu em Santa Luzia região metropolitana de Belo Horizonte, o crime aconteceu após a adolescente visitar o bar acompanhada do pai com dois outros primos.

PUBLICIDADE

Um terceiro primo suspeito de cometer o abuso já estava no local quando eles chegaram, ao sair do bar o rapaz foi até a sua casa.

O pai entrou mas a garota ficou em uma horta o suspeito aproveitou o momento puxou a vítima até um terreno ao lado e cometeu abuso.

PUBLICIDADE

A menina foi agredida com chutes e socos além das agressões foi abusada, segundo informações da Polícia Militar o homem ordenou que a menina não contasse nada para ninguém se não a mataria.

Durante o abuso o telefone da menina tocou era o pai perguntando o onde ela estava, o próprio suspeito atendeu e disse que tudo estava bem, a menina somente contou que sofreu abuso após conversar com a tia.

PUBLICIDADE

Após o crime ele fugiu, a polícia está à procura dele até o momento não foi preso, mas a polícia tem informações que ele irá se apresentar as autoridades com advogado, a menina foi levado para o hospital Odilon Behrens recebeu o medicamento e tratamento, deve passar também por psicólogos, a família está indignada com a situação.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.