Menina de 3 anos é morta a marteladas pela mãe, que estava drogada

A criança faleceu antes de atendimento.

PUBLICIDADE

Um crime bárbaro chocou a população de uma cidade da Rússia recentemente. Isso porque uma mulher acabou tomando vários remédios e matou sua filha a marteladas.

O caso aconteceu em Kirovgrad, uma cidade no estado de Sverdlovsk. A criminosa se chama Natalia Petunina e estava sozinha com a criança quando tudo aconteceu.

PUBLICIDADE

A mulher havia tomado uma enorme quantidade de comprimidos antidepressivos, ficando fora de si. foi então que ela agrediu a filha, que tinha apenas 3 anos de idade.

O nome da criança não foi revelado. Quando matou a filha, a mulher tentou se matar, mas não conseguiu. Ela precisou ser levada até um hospital local e se encontra em estado grave.

PUBLICIDADE

Uma autoridade local falou sobre o crime: “Pouco antes da tragédia, a mãe tomou uma dose muito maior de drogas do que deveria. Isso pode ter provocado a agressão à criança”, disse.

A mãe de Natalia também falou sobre crime. Ela diz que a mulher estava sempre assustada, motivo pelo qual sempre se enchia de remédios. Segundo a avó da criança, Natalia fica com medo sempre que via carro de polícia ou ambulância.

PUBLICIDADE

Depois de encontrar o corpo da menina, o pai rapidamente acionou o socorro par tentar ajudar a filha, mas infelizmente não conseguiu. Devido aos graves ferimentos que sofreu com as marteladas, a criança não conseguiu resistir, falecendo ainda dentro de casa, antes de receber o atendimento médico. O caso causou revolta.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Lane C

Colunista de notícias relacionadas à Televisão, famosos nacionais e internacionais, saúde, humor e também curiosidades no geral.