Menina de 7 anos morre de grave doença e pai faz alerta dizendo que a doença foi esquecida por muitos

Alicia ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital privado por cerca de três dias.

PUBLICIDADE

Infelizmente um das maiores dores que um pai pode sofrer é perder um filho e muitos pais que passaram por essa situação trágica relatam que essa dor ainda persiste e que é preciso muita força para seguir em frente.

E foi assim que ocorre com um pai que acabou perdendo a sua filha tragicamente muito cedo. A pequena Alicia da Rocha Novaes Silva, morreu aos 7 anos de idade.

PUBLICIDADE

O anúncio da morte foi fito nessa última segunda-feira, dia 18 de janeiro, em Ribeirão Preto. Segundo sua família, a causa da morte de Alicia foi devido a uma doença mascarada pela pandemia do coronavírus.

No entanto, ainda é considerada uma epidemia aqui no Brasil, e ainda tira a vida de algumas pessoas. Para o pai de Alicia, sua filha morreu de complicações causadas pela dengue hemorrágica.

PUBLICIDADE

Alicia ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital privado por cerca de três dias. No entanto, ela não resistiu as complicações da doença. Segundo o pai, ela apresentou sintomas parecidos ao da dengue, como febre alta, manchas vermelhas pelo corpo e muita dor.

Rodolfo Aparecido da Silva, é médico e também pai da pequena Alicia, ele também já atuou como vereador e até concorreu para um cargo na prefeitura da região.

PUBLICIDADE

Através de uma nota, a Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto informou que recebeu a notificação do hospital e que investigará a causa da morte da menina.

Você pode conferir a postagens feita nas redes sociais pelo pai pedindo para orar por sua filha:

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.