Menino de três anos morre após ser enterrado vivo; os suspeitos dessa barbaridade são dois primos adolescentes

Um menino de três anos de idade morreu após ser enterrado vivo no bairro Canário, no município de Turiaçu, no norte do Maranhão. O caso aconteceu no início da noite de ontem e causou revolta aos moradores da cidade.... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2020/12/30/menino-morre-apos-ser-enterrado-vivo.htm?utm_source=facebook&utm_medium=social-media&utm_campaign=uol&utm_content=geral&cmpid=copiaecola

PUBLICIDADE

No bairro Canário, na cidade de Turiaçu norte do Maranhão, um menino de 3 anos morreu após ser enterrado vivo.

O caso aconteceu na última terça-feira (30), os moradores da região ficaram revoltados com esse crime, segundo a polícia os principais suspeitos são primos do menino, eles tem 12 e 14 anos de idade.

PUBLICIDADE

A policial não descartou o envolvimento de adulto, suspeitou também que o menino sofreu abuso, mas o laudo cadavérico ao ser realizado negou essa informação.

O delegado Delta Miguel informou que os parentes que não conseguiram encontrar a criança, durante toda a tarde procuraram pela vizinhança até que a polícia encontrou o corpo enterrado em uma cova rasa.

PUBLICIDADE

Segundo a Polícia o menino ao ser desenterrado ainda estava vivo, ele foi levado para o hospital mas não resistiu, a criança estava enterrada a 200m da sua casa, a morte foi de asfixia, ele foi enterrado vivo pelos primos.

Os moradores da cidade se revoltaram e quiseram lixar os menores que se refugiaram na casa de parentes, a Polícia Militar teve que fazer a escolta dos adolescentes até a cidade de Pinheiro, cerca de 130 km onde fica a delegacia que está investigando o crime.

PUBLICIDADE

O delegado informou que os adolescentes foram levados para Pinheiro e os pais foram ouvidos na delegacia, até o momento não há nenhuma informação sobre o que teria motivado o crime, eles eram primos e a criança que foi enterrada tinha apenas 3 anos de idade.

Os adolescentes estão sobre a guarda do Conselho Tutelar, o menor acusou o outro de ter participado, por isso os dois foram levados, a informações da Polícia é que os dois tem envolvimento no crime dessa criança.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.