Ministro da Saúde afirma que governo espera aumento de casos de coronavírus entre abril e julho

Henrique Mandetta ainda informou que as medidas ligadas à quarentena podem ser reforçadas

PUBLICIDADE

Na última terça-feira (17), o atual ministro da saúde Henrique Mandetta chegou a afirmar que o Brasil deverá passar por um pico do coronavírus nos próximos 60 a 90 dias.

De acordo com Mandetta, a estimativa feita pelo ministério é que o numero de casos aumente bastante entre os meses de abril e junho. Eles somente atingirão um período de estabilidade a partir do mês de julho.

PUBLICIDADE

Durante uma coletiva de imprensa, Henrique Mandetta afirmou que o ministério da Saúde pretende trabalhar com números ascendentes, ou seja, apostar no crescimento.

De acordo com ele, os próximos 60 a 90 dias serão de bastante estresse para a população brasileira devido à pandemia.

PUBLICIDADE

Entretanto, em um tom mais positivo, o ministro afirmou que a partir de julho a situação deve se estabilizar um pouco mais, de forma que o número de casos parede crescer e entre em um período de platô.

Durante agosto e setembro, os casos devem regredir, uma vez que as pessoas devem começar a construir imunidade. O ministro estima que isso ocorra com mais de 50% das pessoas.

PUBLICIDADE

Ainda durante a coletiva de imprensa citada, Henrique Mandetta comentou a respeito da quarentena e informou que as medidas restritivas ainda não estão completamente descartadas e podem se tornar ainda mais pesadas durante esse período de crescimento do número de casos. Entretanto, Mandetta não forneceu maiors detalhes sobre o que será feito pelo governo federal.

Ainda comentando sobre a quarentena e as limitações de ir e vir dos cidadãos, Mandetta destacou que essa discussão precisa ser feita em conjunto com outros tipos de ministério, visto que afetarão vários pontos da economia. Assim, um conselho de crise foi formado para essas decisões possam ser tomadas.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.