Modelo é flagrada em festa ilegal e descontrolada grita com policiais, “vai pra favela”

A modelo e influenciadora Liziane Gutierrez gritou com os policiais que participaram da força-tarefa que encerrou uma festa clandestina com mais de 500 pessoas

PUBLICIDADE

Nesse momento onde milhares de pessoas tem perdido a vida para a covid-19 o que não falta são pessoas sem consciência, irresponsáveis que se envolvem em aglomerações e festas.

Quantos hospitais estão lotados de pessoas infectadas, diante de um dado alarmante algumas pessoas criticam que os ônibus estão lotados os terminais estão lotados.

PUBLICIDADE

Mas a grande diferença é que essas pessoas que estão pegando o ônibus, estão trabalhando são profissionais da Saúde, são domésticas são pessoas que estão saindo de casa porque não tem outro recurso, precisando trabalhar.

Muitos são os jovens que tem participado de festas, bailes durante a pandemia que tem tirado a vida de milhões de pessoas em todo mundo.

PUBLICIDADE

A polícia está agindo com grande rigor fechando essas boates e multado, a modelo influenciadora Liziane Gutierrez chegou a gritar com os policiais da força-tarefa que fechavam essa festa clandestina que possuia mais de 500 pessoas.

A festa estava sendo realizada em uma mansão no Jardins região Nobre de São Paulo, o vídeo divulgado nas redes sociais mostra a mulher gritando com os agentes da polícia para que eles fossem na favela.

PUBLICIDADE

O evento estava tendo a participação de Matheus e Kauan, mais de 1.500 pessoas estavam no local, a mulher ficou descontrolada estava sem máscara, já era madrugada e xingou o soldados da força-tarefa, dizendo que eles deveriam ir para a favela.

A dupla Matheus e Kauan chegou a falar sobre o que estava acontecendo, disseram que a celebração não foi de forma clandestina.

A polícia civil e a polícia Metropolitana interromperam a festa, também a vigilância sanitária, o Procon tiveram no local, o deputado federal Alexandre Frota também acompanhou a ação da polícia.

A influenciadora dizia para os policiais que ele deveriam ir atrás de quem torra, deveriam ir para a favela, a polícia não autuou a modelo por desacato, Liziane chegou afirmar no Instagram que está mal por essa situação porque o vídeo foi colocado fora de contexto.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.