Monique Medeiros é isolada em hospital penitenciário com covid-19: “O estado de saúde ainda não foi divulgado”

Presa por envolvimento na morte do filho, a professora pediu atendimento médico e foi levada para o Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho. Lá, foi diagnosticada com sintomas de coronavírus, e exames confirmaram a doença.

PUBLICIDADE

Monique Medeiros mãe de Henri Borel foi presa junto com o companheiro Dr. Jardim acusados pela morte da criança.

Nesta última segunda-feira (19) Monique foi diagnosticada positivo com covid-19 e ficará isolada no hospital penitenciário.

PUBLICIDADE

Monique foi presa por envolvimento na morte do filho, no presídio ela pediu atendimento no hospital estava passando mal e ao realizar o exame foi diagnosticada positivo com a doença.

Nenhum detalhe foi divulgado sobre o estado de saúde dela mas ela ficará em isolamento no hospital, de acordo com a polícia civil as provas são suficientes para que o inquérito seja concluído independente de novo depoimento de Monique.

PUBLICIDADE

Os advogados dela lutam para que ela seja ouvida novamente relatando que ela tinha sofrido agressões do companheiro Jairinho, mas a polícia acredita que são mais mentiras pois a maneira que ela se comportava após a morte da criança não condiz com uma pessoa que estava sendo agredida.

Monique tirou selfie na delegacia, foi para Shopping salão de beleza e nada indica que ela tenha sofrido qualquer tipo de violência.

PUBLICIDADE

O delegado Antenor Lopes responsável pela investigação afirmou que o inquérito deve ser fechado ainda essa semana e que diversos indícios comprovam que Monique sabia das agressões do filho e não há nenhum que indique que ela sofreu qualquer tipo de ameaça do Dr. Jairinho, ambos estão presos pela morte de Henry desde o dia 8 de abril.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.