Monique Medeiros, mãe de Henry, deixa prisão no Rio após decisão judicial

PUBLICIDADE

A história do menino Henry Borel foi algo que chamou a atenção de todo o pais e hoje (5) a mãe da criança conseguiu uma decisão judicial que agora a liberou para cumprir prisão domiciliar, ela precisara usar tornozeleira eletrônica que deve ser colocada em até cinco dias, ela também não pode voltar para  sua antiga residência.

Monique Medeiros deixou a cadeia depois da decisão da 2° Vara Criminal que determinou as medidas cautelares, ela não deve conversar com qualquer pessoa além de parentes e advogados e não deve também postar qualquer coisa em redes sociais.

PUBLICIDADE

Apesar disso o padrasto da criança, Jairinho continua preso, a juíza do caso alega ter se preocupado com as ameaças que estão fazendo a Monique dentro do local onde estava detida ainda acredita que a prisão não fornece a garantia que devia para a Mãe de Henry.

Na decisão a juíza ainda disse que não houve violência extrema por parte de Monique e não teve prova de que ela presenciou qualquer ato violento contra a criança, portanto sua soltura foi para avaliar a necessidade de manter ou não a prisão.

PUBLICIDADE

A defesa de Monique acredita que a decisão foi certeira e que foi consequência do seu trabalho, já a defesa de Jairinho acredita que foi um erro já que durante depoimentos ela teria dito a médica que ela encontrou o menino no quarto pálido e roxo dando a entender que sabia sim, das agressões.

 

Via: g1.globo.com

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.