Morte de técnica de enfermagem em SC; o que se sabe até o momento?

PUBLICIDADE

A técnica de enfermagem Yara Filomena foi dada como morta na segunda-feira (4) quando seu corpo foi encontrado carbonizado pela polícia ela tinha 46 e o caso está sendo tratado como homicídio, ela trabalhava no Hospital Universitário vinculado a Universidade Federal de Santa Catarina era mãe de três crianças de 7, 12 e 14 anos.

Yara teria desaparecido após sair de casa no dia 29 de março para ir ao trabalho as 16:30 a família da vítima fez o boletim de ocorrência onde dizia que ela havia levado celular e carteira porem não foi encontrada no trabalho naquele dia, o boletim de ocorrência foi registrado apenas no dia 31.

PUBLICIDADE

O corpo da técnica em enfermagem foi encontrado em um matagal por funcionários de um condomínio que ainda não há moradores, a polícia foi acionada e compareceram no bairro Itacoburi as 11h21 na última segunda-feira (4), o corpo estava a beira da estrada e a área foi isolada para investigação.

A identidade da mulher foi confirmada por exame feito na arcada dentária já que seu corpo estava completamente carbonizado, sua morte até o momento está sendo investigada como homicídio, 30 boletins de ocorrência foram abertos e tem relação com a vítima porem nem todos foi ela quem registrou, em 2018 ela foi orientada a pedir medida protetiva porem não levou adiante a solicitação feita, ainda não foram divulgadas hipóteses sobre a morte de Yara.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.