Mulher agredida em briga de trânsito desabafa: “Chutou para matar”

Ela estava chorando e desabafou que está sendo medicada para que passe a dor, mas está com medo.

PUBLICIDADE

Uma briga de trânsito aconteceu no último domingo (23), onde uma mulher de 34 anos reclamou da seta e foi agredida por um motorista no trânsito, levou vários chutes na cabeça.

O caso aconteceu em Registro interior de São Paulo, a mulher disse que está muito abalada com o que aconteceu e está com medo, ela foi derrubada no chão e reclamou do motorista por não ter dado certa, ele com violência agrediu a mulher.

PUBLICIDADE

Em entrevista na segunda-feira (24), a mulher agredida disse que trabalha como auxiliar administrativo, devido aos chutes que levou está sentindo muita dor no rosto, falou que a fúria que o homem estava os chutes dele foram para matar, não foi para brigar simplesmente.

Ela estava chorando e desabafou que está sendo medicada para que passe a dor, mas está com medo, receio de que o homem possa persegui-la, o jornalismo tentou contato com o homem que agrediu a mulher, mas ele não quis falar sobre o que ocorreu.

PUBLICIDADE

A agressão aconteceu na Avenida Pref. Jonas Banks leite no centro da cidade, a mulher estava dirigindo na faixa da esquerda, quando um carro entrou na sua frente sem dar seta, ela estava devagar freou, mas não conseguiu se desviar, ela reclamou ao homem a respeito da seta para não causar um acidente.

O motorista do carro começou a rir e em seguida desceu do carro, falou para ela ir embora ele estava acompanhado, a moça também desceu do carro e discutiu, pelas imagens é possível ver a auxiliar administrativa sendo empurrada pelo homem e recebendo vários chutes, segundo testemunhas, o motorista iniciou as agressões.

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.