Mulher que teve coronavírus sofre com preconceito dos vizinhos: ‘Devia ter morrido’

“Teve pessoas que falou que eu deveria ter morrido na Europa“, disse a mulher.

PUBLICIDADE

Uma mulher de apenas 28 anos de idade, ela precisou ficar isolada 15 dias em casa depois de chegar de uma viagem de Itália. Essa mulher reside no Rio de Janeiro em Barra Mansa. Depois foi liberada pelos médicos quando constataram que ela já estava melhor.

 

A paciente ficou feliz com a noticia, pois já fazia dias que estar fechada em casa sem sair, e pensou também na sorte que teve, pois com esse vírus muitos em estado grave não tem essa oportunidade. Ela foi liberada quando os médicos perceberam que ela já não apresentava nenhum sintomas mais  da doença .

PUBLICIDADE