Mundo apreensivo: Risco de nova epidemia após região chinesa relatar caso suspeito de peste bubônica

Autoridades da região chinesa da Mongólia Interior estão em alerta máximo depois que um suposto caso de peste bubônica, a doença que causou a pandemia da Morte Negra, foi relatado no domingo.

PUBLICIDADE

Autoridades da região chinesa da Mongólia Interior estão em alerta máximo depois que um suposto caso de peste bubônica, a doença que causou a pandemia da Morte Negra, foi relatado no domingo.

O caso foi descoberto na cidade de Bayannur, localizada a noroeste de Pequim, como foi citado por uma agencia noticiaria da cidade de Xinhua. Sendo que num hospital local acabou por alertar as autoridades locais sobre um caso que apareceu no neste sábado.

PUBLICIDADE

Já no domingo, as autoridades da cidade emitiram um alerta de nível 3 para o possível aparecimento de novas pragas, embora situado em segundo lugar numa tabela de quatro níveis.

Atualmente, há o risco de uma epidemia de peste humana aparecer e se espalhar nesta povoação. As pessoas devem estar preparadas e ter uma capacidade para se autoprotegerem e relatar alguma alteração na saúde que seja anormais prontamente”, como foi anunciado por uma entidade de saúde de Xinhua, de acordo com o jornal estatal China Daily.

PUBLICIDADE

As autoridades de Bayannur alertaram o público para relatar descobertas de marmotas mortas ou doentes, um tipo de grande esquilo terrestre que é consumido em certas zonas da China e do país vizinho, na Mongólia, e que historicamente causaram surtos de peste na região.

Os três países que mais endêmicas, ou seja, esta praga existe permanentemente na República Democrática do Congo, em Madagáscar e também no Peru. Nos E.U.A, existem varias dezenas com peste que aparece ano após ano, como citado pelos centros que existem no controle e para a prevenção de Doenças.

PUBLICIDADE

Atualmente, não há uma vacina eficaz contra a peste, mas antibióticos estão aptos e podem ajudar a prever complicações e perdas de vida se for dada rapidamente o suficiente.

A peste bubônica se não for tratada poderá se transformar numa peste pneumônica, que evolui rapidamente para pneumonia onde as baterias das mesmas se espalham muito rápido para os pulmões.

PUBLICIDADE

Escrito por Por Dália Maria

Gosto de escrever sobre vários assuntos da atualidade, mas dou preferência á saúde e receitas. Esse é o meu foco.