Noivo morre por covid-19 após dois dias do seu casamento

O casamento aconteceu na Índia e 100 convidados foram infectados

PUBLICIDADE

O novo coronavírus mudou a vida de todas as pessoas do mundo, desde que a pandemia foi decretada, em 11 de março. Por não ter vacina ou remédio para o tratamento desse vírus, a única medida a se fazer, imposta pela OMS aos países é o isolamento e distanciamento social, algo muitas vezes inimaginável, mas visto como a única saída de desacelerar o contágio.

Contudo, em alguns países, a cultura fala mais alto, como no caso da Índia, que é um país de tradições milenares. Um caso de infecção desenfreada ocorreu há poucos dias no interior do país.

PUBLICIDADE

Um rapaz estava de casamento marcado e contraiu o coronavírus antes da cerimônia, sendo internado para se tratar. Ao obter uma melhora, o jovem teve alta e foi para casa, permanecendo em isolamento social recomendado.

Ao encontrar com a noiva, este sugeriu que adiassem a data da cerimônia, para que tivessem um casamento mais seguro, proposta essa não aceita pela noiva nem pela família da mesma, que alegou enormes perdas financeiras caso rito fosse adiado.

PUBLICIDADE

O homem então concordou com a noiva e realizaram o casamento, numa cidade do interior da Índia, para 300 convidados.

O que eles não esperavam é que o noivo fosse ter uma recaída da doença e voltar parar o hospital, onde faleceu pela doença dois dias depois. Os convidados então, resolveram fazer o teste da doença e dos 300 convidados que estiveram presentes na cerimônia, 100 contraíram o vírus.

PUBLICIDADE

As regras na Índia, segundo país mais populoso do mundo, é que em eventos como casamento o máximo de convidados são 50 pessoas e em enterros 20. No entanto, uma investigação está sendo feita para apurar as circunstâncias de como tudo aconteceu.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.