Nova série da Globo que evidenciará um evangélico gay deverá enfurecer os evangélicos

Um jovem da periferia que é evangélico e que se descobre homossexual e vai viver uma paixão por outro homem.

PUBLICIDADE

A nova série do globoplay sem data para estreia “O filho do amor” trará como tema principal um jovem da periferia que é evangélico e que se descobre homossexual e vai viver uma paixão por outro homem.

Essa série “O Filho do amor” provavelmente vai provocar reações furiosas nas redes sociais principalmente no meio evangélico por se tratar de um tema que provoca a tradição da família brasileira.

PUBLICIDADE

A série aborda a sexualidade de um evangélico e com certeza vai virar discurso raivoso entre os líderes cristãos. Em uma matéria foi falado até sobre o pastor Silas Malafaia que provavelmente não vai se calar diante da série.

Foi citado até o presidente Jair Bolsonaro que é católico, mas também tem boa relação com as igrejas evangélicas, pois no ano de 2014 quando ele ainda era um deputado disse que o primeiro beijo gay exibido pelo canal da Globo na novela amor à vida era um marco na depravação da sociedade.

PUBLICIDADE

Essa não seria a primeira produção da Rede Globo com potencial para causar e gerar fúria no meio evangélico.

Pois no ano de 95 a minissérie decadência mostrava um homem pobre interpretado por Edson Celulari que se tornava milionário depois de fundar sua própria igreja neopentecostal causando grande revolta e muita polêmica na época.

PUBLICIDADE

Acredita-se que a minissérie também vai ser alvo de muita polêmica, muitos discursos e manifestações de raiva e isso em todos os meios das redes sociais.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.