Número de vítimas fatais por convid-19 na Itália, ultrapassa as vítimas da China.

O governo italiano ainda informou que em apenas 1 dia, morreram um total de 427 pessoas devido a epidemia, sendo que no dia anterior foi registrado 475 casos de mortes também em apenas 24 horas. Na quinta o número registrado de casos confirmados com pessoas infectadas pelo convid-19 foi de 41.035 pessoas.

PUBLICIDADE

Os dados confirmados de mortes na Itália, por convid-19 acaba de ultrapassar o numero de mortes que aconteceram até então na china.

De acordo com dados oficiais de ambos os governos, na China, o total de casos fatais foram de 3.245, enquanto na Itália o total chegou a 3.405 nesta ultima quinta, dia 13 de março.

PUBLICIDADE

 

O governo italiano ainda informou que em apenas 1 dia, morreram um total de 427 pessoas devido a epidemia, sendo que no dia anterior foi registrado 475 casos de mortes também em apenas 24 horas.

Na quinta o número registrado de casos confirmados com pessoas infectadas pelo convid-19 foi de 41.035 pessoas. O que foi um aumento de quase 15% em apenas 24 horas.

PUBLICIDADE

 

A situação no país europeu é alarmante e o governo está tomando medidas drásticas para conter e tentar amenizar a situação que esta devastadora.

Não está sendo permitido para a população sair de casa se não for por algo de extrema importância e para sair de casa de casa é necessário escrever uma declaração de punho explicando especificamente o motivo por que teve que sair.

PUBLICIDADE

 

O numero de mortes no país, sobrecarregou o serviço funerário que não está conseguindo atender todos os casos e o exercito italiano teve que recolher muitos corpos em cidade que é o epicentro da epidemia no país. E o governo se prepara para começar a tomar medidas ainda mais drásticas e prolongar as interdições no país.

 

Em um vídeo que anda circulando a internet, moradores da cidade de Bergamo que fica a oeste de Milão, mostra uma fila bastante longa de caminhões do exército italiano retirando caixões do cemitério local e atravessando as estradas.

Após a circulação do vídeo, um porta-voz do exército informou que foi mobilizado após as autoridades locais pedirem ajuda pois os crematórios locais não estavam conseguindo atender a situação. Os corpos foram levados para crematórios nas cidades ao redor que estavam com mais condições de atender.

PUBLICIDADE

Escrito por Lucas Alves

Colunista dedicado e focado a escrever artigos de qualidade sobre Noticias, TV, Famosos e demais assuntos.