Pai perde 15 quilos para salvar seu bebê

PUBLICIDADE

Quando se espera um filho temos a sensação de que precisamos cuidar e proteger a todo o momento, as mães já começaram a fazer isso enquanto estão na barriga, mas algumas coisas são impossíveis de prever. Às vezes as mães não conseguem resolver tudo sozinhas e aí entra a rede de apoio que é tão importante, a família, e principalmente o papai.

Sawyer é um bebê que nasceu com um problema grave no fígado e precisava urgente de um transplante ou do contrário não sobreviveria. A mãe da criança também sofre da síndrome então a doação vinda dela não seria possível, mas o pai poderia ajudar não fosse pelo falto de estar muito acima do peso.

PUBLICIDADE

Ao ser informado de que essa era a única questão que impedia que salvasse a vida da criança Kelley passou a lutar contra a balança para conseguir ajudar o filho, procurou um exercício e pegou pesado na dieta. Com tanto esforço Kelley perdeu 15 quilos em apenas 5 meses, passou por avaliações sendo aprovado para fazer a cirurgia.

A doença que acomete a esposa e três filhos de Kelley se chama Alagille com ela sérios danos acontecem no fígado e organismo da pessoa atingindo inclusive outros órgãos vitais. O transplante aconteceu e tudo correu muito bem, ele está saudável e conseguira ter uma vida normal daqui para frente segundo o médico responsável pela criança.

PUBLICIDADE

O papai também está muito bem melhorou sua qualidade de vida e diminuiu riscos de doenças que poderiam acontecer devido a seu excesso de peso. Alguns problemas como o que aconteceu com esse bebê são difíceis de se notar durante a gravides e só sabemos após o nascimento da criança o que causa ainda mais complicações por se tratar de um recém-nascido que já tem uma grande fragilidade por si só.

Via: bebemamae.com

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.