Pastora não aguenta conviver mais com a depressão e ansiedade e tira a própria vida

Infelizmente mais um caso de suicídio no meio evangélico.

PUBLICIDADE

Infelizmente mais um caso de suicídio envolvendo o mundo evangélico, onde uma jovem pastora que enfrentava problemas com a depressão e ansiedade tomou a triste decisão de acabar com a própria vida, a pastora se suicidou logo após o final do culto de sua igreja.

De acordo com informações Mônica era uma mulher que se destacava muito na igreja sendo muito ativa, talentosa e gostava muito de ensinar a palavra de Deus, era uma mulher considerada bondosa e que gostava de ajudar as outras pessoas, a notícia de seu suicídio deixou a todos surpresos.

As pessoas que estiveram com a pastora minutos antes do fato ocorrido informaram que ela estava bem aparentemente na igreja e que ninguém percebeu que havia algo diferente nela ou que estivesse pensando algo do tipo. No final do culto Mônica se despediu de todas as pessoas presentes foi para sua casa onde cometeu o ato contra a própria vida.

De acordo com informações alguns membros da igreja disseram que a pastora estava enfrentando problemas com depressão severa e ansiedade, no entanto ela estava se tratando, mas não resistiu ao sofrimento causado pela própria doença e decidiu dar um fim ao tormento tirando a própria vida.

PUBLICIDADE

A notícia da morte da pastora Mônica causou grande comoção através das redes sociais, Mônica era conhecida por trabalhar na Obra de Deus. Amigos, familiares parentes e irmãos na fé falaram e prestaram homenagem nas redes sociais.