Pastores repudiam afirmações que dizem que Cristo foi representado e honrado no desfile da Sapucaí

segundo a opinião de alguns pastores, Cristo não foi representado na Sapucaí.

PUBLICIDADE

Pastores evangélicos estão divididos no Brasil, há cerca de uma polêmica que aconteceu no carnaval da Sapucaí, se Jesus foi de fato representado pela escola de samba da Mangueira no sambódromo.

Os pastores estão dizendo que Jesus esteve na Sapucaí e que o evangelho foi anunciado no carnaval, alguns disseram que Jesus está na minoria LGBT, com os pobres, com as vítimas de feminicídio.

Alguns pastores como René kivitz, defendeu o que foi realizado pela escola de Samba da Mangueira, mas outros pastores criticaram fortemente dizendo que isso não é cristianismo.

O pastor Rafael Bello, publicou em seu instagram e se posicionou fortemente contra esta ideia, o pastor confronta essa insinuação que jesus esteve na Sapucaí, nas palavras que não se sabe se são de autoria do pastor Rafael Bello, ele disse que que o Evangelho não estava na Sapucaí.

PUBLICIDADE

Que o que foi apresentado naquele desfile não é o Jesus das escrituras, o fato de mostrar Jesus com os pobres não torna uma mensagem genuína, Jesus de fato se fez carne, se tornou pobre e habitou entre nós, escolheu 12 apóstolos, homens comuns, mas não podemos confundir que todo tipo de pobreza e injustiça social é ligado ao evangelho.