PF diz que investigará se houve vazamento à Flavio Bolsonaro

Flávio nega e diz que acusações ‘não passam de invenção de alguém desesperado’. PF vai abrir investigação sobre vazamento.

PUBLICIDADE

A Polícia Federal vai abrir uma investigação para apurar o vazamento de uma operação que aconteceu no Rio de Janeiro.

Em uma reportagem de hoje feita no jornal Folha de S. Paulo, o empresário que apoiou a campanha de Jair Bolsonaro, afirma que o filho dele Flávio Bolsonaro foi avisado por um delegado da PF sobre a operação que deixaria em evidencia o ex acessor dele Fabricio Queiroz.

A Operação se chamava Furna da Onça, que acabou gerando a prisão de diversos parlamentares do estado do Rio no ano de 2018. Uma operação que deixaria em evidencia o ex-assessor de Flávio na Assembléia Legislativa, Fabrício Queiroz.

Não foi mencionado o nome do delegado, mas afirmou que no dia 13 de dezembro de 2018, chegaram a casa dele Flavio Bolsonaro e o advogado Victor Alves, que trabalha ate hoje no gabinete do Senador e é advogado de confiança dele.

PUBLICIDADE