Polícia Civil investiga perfis falsos em nome do criminoso Lázaro Barbosa que fazem apologia a crimes cometido por ele

A Polícia Civil de Goiás investiga perfis que foram criados nas redes sociais para fazer apologia aos crimes cometidos por Lázaro Barbosa, de 32 anos.

PUBLICIDADE

A Policial civil está checando vários perfis criados nas redes sociais que fazem apologia ao crime cometido por Lázaro Barbosa, internautas tem criado perfis com fotos e o nome do criminoso, a polícia investiga esses perfis criados nas redes sociais.

Mais de 200 soldados estão na mata a procura de Lázaro acusado de cometer vários crimes roubo abuso e assassinato.

PUBLICIDADE

A delegada Sabrina Leles da delegacia Estadual de repressão à crimes cibernéticos está investigando esses perfis falsos.

Na última sexta-feira (18) foi registrado várias postagens feitas nas redes sociais como se fosse de Lázaro mas são falsos a polícia investiga, crime como este nas redes sociais pode pegar até três anos e meio de prisão.

PUBLICIDADE

O perfil criado ressalta os crimes cometidos por Lázaro, certamente a intensão não é boa querem fazer apologia ao crime e assustar a sociedade.

O assassino Lázaro está a 12 dias se escondendo na mata, segundo os policiais ele é caçador se esconde com muita facilidade e ainda conhece muito o local.

PUBLICIDADE

Na última sexta-feira 18 houve troca de tiros e um agente viu Lázaro de longe cerca de 1 km, mas tem quase certeza que chegou a ver e parecia estar ferido na perna, os policiais permanecem na mata, três helicóptero e dezenas de viatura em todo local.

Lázaro se movimenta mais à noite e como as pessoas deixaram suas residências esse local se torna um ponto de esconderijo para buscar alimento.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.