Polícia encontra sangue e fluidos corporais na casa de suspeito de ter tirado a vida de menina de 12 anos; motivo do crime foi exposto

Uma perícia foi realizada no local e encontrou sangue e sêmen.

PUBLICIDADE

Uma perícia foi realizada na casa do ajudante de pedreiro, Reidimar Silva, de 31 anos, após ele ter confessado que tirou a vida de Luana Marcelo Alves, de 12 anos. O caso aconteceu na região de Goiânia, em Goiás. E após o trabalho da Polícia Técnica, foi encontrado sangue e sêmen na casa do homem.

O corpo da menina foi encontrado na casa do homem. Ela estava desaparecida após ter saído para comprar pão. Luana aceitou uma carona de Reidimar, após ele ter dito que a levaria para casa e pagaria uma dívida que tinha com os seus pais.

Novos exames ainda deverão ser realizados para continuar com o procedimento do caso. A delegada responsável pela situação, Caroline Borges Braga, contou que apenas está aguardando o resultado de novos laudos.

A garota foi morta, enterrada, queimada e cimentada pelo homem no quintal de sua casa.

PUBLICIDADE