Polícia resgata mulher paraplégica que vivia em condições subumanas em MT: “Raquítica, suja, era deixada na cama sozinha”

Ao chegar no local, a equipe se deparou com a mulher acamada em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC), com o corpo raquítico. Ela estava sem comer, sem beber água e com a mesma fralda o dia todo.

PUBLICIDADE

Uma mulher paraplégica de 46 anos foi resgatada pela polícia em condições desumanas e maus tratos.

À Delegacia especializada de defesa da mulher entrou na casa que fica em Cáceres mais 200 Km de Cuiabá, o marido da vítima de 51 anos foi preso em flagrante.

A mulher era mantida no lugar desumano, ficava suja, a polícia chegou até o local após uma denúncia anônima, os policiais civis foram até a casa no bairro Vila Real e constataram que realmente a mulher estava sendo tratada como bicho.

PUBLICIDADE

Os policiais disseram que se depararam com uma mulher acamada paraplégica devido a um acidente vascular cerebral, estava muito magra não bebia água, não comia e permanecia com a mesma fralda o dia inteiro.

A vítima disse para os policiais que o marido a deixa na cama sozinha durante o dia inteiro e só volta de madrugada, quando ela reclamava do abandono o marido a humilhava.