Policial apoiador de Bolsonaro que fez muitas críticas e defendia o fim do isolamento morre com Covid-19

O Policial Militar de Guarujá que fica no litoral de São Paulo acabou morrendo por causa de complicações causadas pelo coronavirus na última quinta-feira (14).

PUBLICIDADE

A pandemia de Covid-19 no Brasil tem gerado muita discussão e desentendimentos. Enquanto algumas pessoas defendem as medidas de isolamento adotada pelos governos outros já acham que essa medida apenas pode atrapalhar a economia do Brasil e trazer miséria para a população deixando aqueles mais pobres ainda mais na dificuldade.

O Policial Militar de Guarujá que fica no litoral de São Paulo acabou morrendo por causa de complicações causadas pelo coronavirus na última quinta-feira (14). De acordo com as informações o policial defendia o fim do isolamento e era contra todas as medidas adotadas para prevenção da Covid-19.

O policial era cabo e se chamava Ricardo Valentim da Silva tinha 47 anos e atuava no 21º Batalhão da Polícia Militar no Guarujá. Ricardo usava sempre as redes sociais para se posicionar contra as medidas de isolamentos adotadas para a prevenção da doença.

Ele chegou a publicar em sua rede social um vídeo onde o criticava a decisão de um infectologista que decidiu não revelar os medicamentos que usou e que o ajudou a se recuperar da doença.

PUBLICIDADE

O cabo Ricardo chegou a chamar as medidas de isolamentos adotadas de jogo político em algumas de suas postagens. Os familiares do policial e seus amigos lamentaram sua morte nas redes sociais.