Presidente Bolsonaro diz que Jean Wyllys teria vendido seu mandato e o chama de ‘menina’

O presidente fez uma declaração onde chamou o ex-deputado Jean Wyllys de menina.

PUBLICIDADE

O deputado federal Davi Miranda não gostou nada das falas do presidente Jair Bolsonaro e disse que foram homofóbicas e o acusou de espalhar fake News por aí.

O deputado se manifestou através de um vídeo em seu perfil do Twitter depois que o chefe do Palácio do Planalto disse que as acusações contra o ministro da Justiça Sérgio Moro e da Segurança Pública seria uma trama vindas do jornalista Glenn Greenwald e seu marido, o deputado David Miranda.

Na Pequena declaração feita pelo presidente Jair Messias Bolsonaro ele afirmou que Davi Miranda comprou o mandado de Jean Wyllys e estaria lhe pagando uma mesada em troca do mandado, Lembrando que Jean Wyllys deixou o país depois de ser ameaçado de morte.

Existem algumas especulações que circulam nas redes sociais de que o ex-deputado teria se anistiado. Jean Wyllys saiu do país no mês de janeiro desistindo de seu mandato dizendo que queria cuidar de si mesmo e se manter vivo.

PUBLICIDADE

Logo depois da publicação de Jean wyllys, David Miranda também disse que teria recebido ameaças.