Professor de 40 anos, sem comorbidades e saudável, morre vítima de Covid-19 e esposa faz desabafo: ‘vi o desespero’

O professor apresentou dores no estômago no último dia 10 e foi internando dias depois

PUBLICIDADE

A pandemia da Covid-19 tem feito milhares de vítimas no mundo inteiro desde o ano passado. No Brasil, as vítimas fatais da doença já passaram o número de 254 mil. Diante do caos pela qual o país está passando no momento devido à pandemia, muitas histórias de vidas perdidas pela doença tem vindo a tona, e são contadas pelos familiares que enfrentam o luto diante da tristeza de perder um ente querido de forma tão abrupta pela doença.

Esta é a situação exata vivida pela esposa de um professor, que se tornou uma vítima fatal da Covid-19. O professor de 40 anos de idade morreu devido a complicações causadas pela doença neste último sábado (27), na cidade de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Sérgio Roth atuava como professor de geografia, e era orientador educacional em uma escola da cidade em questão. O professor estava hospitalizado no Hospital Nossa Senhora das Graças desde o dia 16. De acordo com sua esposa, Simone Gianesini, ela acompanhou todo o processo do atendimento do marido, e os esforços dos médicos e o desespero para tentar salvar a vida de seu marido.

A direção da escola onde Sergio atuava como professor fez questão de fazer uma homenagem para ele. Diante disso, os responsáveis pela escola ressaltaram a respeito do bom profissional que Sergio era, e elogiaram ainda a forma como ele atuava, ensinando com amor e empatia aos seus alunos no local.

PUBLICIDADE

O professor não tinha nenhum tipo de comorbiddade, e além disso, era uma pessoa que gostava de esportes. Sergio passou três dias entubado devido a doença. O cunhado do professor destacou que o mesmo era uma pessoa muito querida, além de ser muito inteligente e um marido exemplar.

 

Via: istoe.com.br