Se recorda do caso Rhuan Maycon? A mãe do garoto e sua esposa mataram o garoto e focam condenadas a mais de 60 anos de prisão

Somadas, as penas das assassinas estão próximas de 130 anos.

PUBLICIDADE

O homicídio do garotinho Rhuan Maycon, aos 9 anos de idade, chegou a ser um dos assassinatos mais horrendos e maliciosos de 2019, tendo uma repercussão nacional. O menino chegou a ser morto pela própria mãe, Rosana Auri da Silva Cândido, na companhia de Kacyla Priscyla Santiago Damasceno Pessoa.

O corpo do garoto foi achado pelo dia 1 do mês julho do ano anterior, dentro de sua mala, onde se encontrava esquartejado. Na última quarta-feira, dia 25 de novembro; o Tribunal do Júri de Samambaia, localizado no DF, teria condenado ambas criminosa pelo homicídio qualificado, ocultação, lesão corporal gravíssima e destruição de cadáver, sem contar com fraude processual e tortura.

PUBLICIDADE

A decisão primária teria definido que a mãe de Maycon, Rosana; teria sido condenada a 65 anos de reclusão, sem contar os outros 8 meses e 10 dias. Kacyla chegou a ser condenada com 65 anos de reclusão, sem contar também com os outros 8 meses e dez dia. O TJ-DF justifica em sua página porque as condenações estão diferentes.

Ele justifica dizendo que a pena de reclusão é utilizada em condenações bastante severas, o regime de cumprimento podendo ser trancado, aberto ou até semiaberto, e de costume, chega a ser cumprida em estabelecimento de grande segurança. A detenção adicionada para condenações mais leves e não chega a admitir que o início do cumprimento seja o tal regime fechado.

PUBLICIDADE

Segundo às informações dadas pelo MP-DF, Kacyla teria se mantido em silêncio no decorrer do julgamento; assumindo a execução de todos os atos criminosos citados. De acordo com ela, não teve participação da amiga, mãe do menino, no homicídio.

Via: metropoles.com

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.