Sob forte clima de comoção, corpo de menina que morreu ao ser baleada é enterrado e mãe se desespera: “Acabaram com minha vida”

Cristiane ficou bastante revoltada com a morte da filha e acusou um policial envolvido na operação de assassinar a criança.

PUBLICIDADE

A morte de Ana Clara Machado, de 5 anos de idade, comoveu a todos, ela foi morta vitima de uma bala perdida enquanto brincava com o irmão em frente à sua casa.

Na tarde desse último dia 3 de Fevereiro, o corpo da menina foi enterrado sob forte comoção e principalmente revolta, ela foi sepultada no Cemitério São Francisco Xavier, em Niterói, estado do Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

Depois de pedir justiça em alguns cartazes, parentes e amigos se despediram com muita tristeza. Cristiane Gomes da Silva, mãe de Ana Clara, ficou bastante abalada e comoveu ao afirmar que acabaram com a sua vida.

Cristiane ficou bastante revoltada com a morte da filha e acusou um policial envolvido na operação de assassinar a criança, e ainda se recusou a ajudar a criança.

PUBLICIDADE

Emocionada ela contou que ele estaria com medo de cobrir seu uniforme com o sangue da criança, Ana Clara teria morrido em seu colo, ao lado de quem o assassinou, e se questiona se quem matou a sua filha conseguirá dormir em paz.

O cabo da policia militar suspeito de ter atirado na criança foi identificado por Bruno Delaroli, e ele está preso. Após a decisão determinada pela justiça, ele teve a sua prisão em fragrante convertida em preventiva.

PUBLICIDADE

O advogado de defesa afirma que o cabo teria efetuado os disparos em forma de revidar uma ação injusta, onde expôs que os policiais envolvidos teriam sido surpreendidos por disparos de criminosos.

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.