Sobe o número de mortos em desabamento de prédio e estima-se 159 ainda desaparecidos

Subiu para 4 o número de mortos no desabamento parcial de um prédio na região de Miami, nos Estados Unidos

PUBLICIDADE

Nos Estados Unidos um prédio desabou são mais de 159 pessoas desaparecidas e quatro mortos até o momento.

A prefeita da cidade Daniela Levine confirmou a notícia na manhã dessa sexta-feira (25), segundo a equipe de resgate que estão trabalhando para retirar os escombros e encontrar mais pessoas, desde a manhã da última quinta-feira não foi encontrado nenhum sobrevivente.

PUBLICIDADE

Mas a equipe relatou que ouviram sons de batida vindo dos escombros não ouviram vozes mas certamente são pessoas que estão vivas.

PUBLICIDADE

A equipe está utilizando de drones e cães farejadores na tentativa de resgatar cada vez mais pessoas, a prefeita afirmou que não sabe se todas as pessoas estavam no prédio no momento que ele desabou, outras 102 pessoas que estavam no edifício foram localizadas e estão bem.

No momento que aconteceu o desabamento 37 pessoas foram resgatados pelo corpo de bombeiro, estavam embaixo de escombros, 10 pessoas ficaram gravemente feridas, quatro precisaram ser levadas para o hospital, diversas pessoas estão no local principalmente familiares para receber notícias se os parentes foram encontrados.

PUBLICIDADE

Segundo informações algumas pessoas estão desaparecidas que fazem parte da América do Sul, como da Argentina, do Paraguai, da Venezuela e do Uruguai.

O governo da Flórida declarou estado de emergência e estão auxiliando no resgate, o Edifício de 12 andares caiu parcialmente, o bloco que desabou fica para frente para o oceano ele foi construído em 1981 e a parte que desabou era o local onde tinha mais apartamentos, eram cerca de 36, o desmoronamento aconteceu na última quinta-feira (24) por volta das 1:30 da madrugada.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.