Solidariedade, internautas fazem vaquinha para ajudar idosa vendedora de balões que foi arrastada por carro

A idosa foi arrastada enquanto trabalhava vendendo balões.

PUBLICIDADE

A vendedora de balões Marina Izidora Moraes viveu um verdadeiro horror na noite do último sábado, ao ser arrastada por 100 metros por um carro enquanto trabalhava na porta de um evento de uma festa junina em uma escola particular de Taguatinga no Distrito Federal.

Marina Izidora é uma diarista de 63 anos que aproveitava o evento na porta da escola para tirar um dinheiro a mais quando um casal se aproximou querendo comprar 3 balões.

A mulher pediu um desconto nos balões e Marina baixou o preço de 15 para r$ 10, mas mesmo assim a mulher ainda reclamou, ela pediu os três balões e quando Marina foi preparar os balões para serem levados a mulher agarrou as cordas dos balões, puxou para dentro do carro e fechou o vidro.

Marina foi arrastada por 100 metros, pois as cordas dos balões estavam amarradas em seu pulso. A Diarista se machucou muito além de perder a maioria do dinheiro que havia recebido vendendo balões por mais de 8 horas.

PUBLICIDADE

A senhora Marina disse que não poderá trabalhar machucada da forma como está, a idosa contou que é através das diárias que faz que ela paga seu aluguel e faz a contribuição para o INSS já que ainda não é aposentada.