suspeito de matar a própria esposa faz declaração a ela nas últimas postagens: ” Nunca vai faltar respeito , amor e carinho e admiração. Te amooo muitooo”

O jovem postou um vídeo pedindo desculpas pelo que havia feito e logo apagou.

PUBLICIDADE

A empresária Thayane Nunes, foi encontrada morta na última quinta-feira dentro da própria casa, o suspeito é o próprio marido o empresário Gilson Santos.

Segundo testemunhas logo após ter matado a mulher asfixiada, ele fugiu do local, algumas horas depois envolveu-se em um acidente na rodovia rio-santos, o empresário foi preso em flagrante, foi levado para o hospital está internado e está sob a custódia da polícia.

PUBLICIDADE

Gilson Santos postou uma mensagem nas redes sociais dando parabéns para a arquiteta pelo seu aniversário, na postagem feita por Gilson estava o casal sentado nos trilhos, em baixo a legenda:

Parabéns te amo muito, você é importante nesse dia tão significativo gostaria de te agradecer por todo apoio e são essas coisas que fazem toda diferença na nossa vida, desejo toda felicidade e amor, porque sabemos cuidar um do outro, tem dias que sou chato você também é chata, eu e você somos implicantes, o importante é que nunca irá faltar amor, respeito, carinho e admiração, te amo.

PUBLICIDADE

Logo em seguida posta um novo vídeo pedindo desculpas, mas não disse o porquê, logo depois o vídeo foi apagado, mas nas palavras ele pediu mil desculpas pelo que havia acontecido, mas que as pessoas não o julgassem e nem os seus familiares porque a vida de um casal ninguém sabe o que se passa.

Os dois eram casados há 9 anos, Thayane no seu perfil do Instagram que tinha mais de 46 mil seguidores sempre compartilhava fotos de viagens e de malhação, em uma das fotos que postou junto com marido ela colocou a legenda, entre tapas e beijos estamos firmes fortes no amor, obrigado por ser meu companheiro, te amo, escreveu no dia 26 de fevereiro deste ano.

PUBLICIDADE

No dia do assassinato, Gilson saiu com o carro de Thayane e se envolveu em um acidente no litoral do Rio de Janeiro.

Os motoristas relataram que ele estava dirigindo pela contramão, Gilson atua no ramo de compra e venda de carros. Segundo a delegada Bianca Gebara, o que motivou o assassinato foi ciúmes que ele tinha da esposa, ele é muito possessivo. Gilson foi preso em flagrante por lesão corporal com relação ao acidente com o veículo e por feminicídio.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.