Trans é atacada com violência por rapaz e amigos filmam e debocham de agressão

A Polícia Civil busca o homem que agrediu uma transexual em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e foi filmado por amigos. O vídeo, que mostra ainda o agressor comemorando e rindo com amigos

PUBLICIDADE

A polícia está à procura de um homem que agrediu um transexual em Uberlândia no Triângulo Mineiro.

A agressão foi publicada nas redes sociais, no momento é possível ver no vídeo o rapaz rindo, a vítima contou para a polícia que não conhecia o rapaz que com certeza é um crime ódio, ele o espancou por ele ser homossexual, certamente é um crime de ódio.

PUBLICIDADE

O caso aconteceu na última quinta-feira 21 no bairro Custódio Pereira, nas imagens é possível ver o homem descendo do carro e agredindo a trans sem qualquer motivo.

Ele vai para cima passa uma rasteira e agride, após isso volta correndo para o carro mas está outros amigos esperando.

PUBLICIDADE

A polícia também acredita que foi um crime de ódio, Luara Silva contou a polícia que havia pessoas no momento passando e presenciaram as agressões e viram o rapaz e o carro.

Luara contou que não sofreu represália, tinha muitas pessoas e não foi perturbada, ela contou que nunca passou por uma situação como essa, está toda machucada o tornozelo ficou ferido e tem ferimentos em outras partes do corpo por ter caído, também perdeu o celular.

PUBLICIDADE

Luara trabalha como doméstica, trabalho de atividade social para uma ONG trans de um processo que responde a 8 anos, para ela isso foi homofobia.

Infelizmente não é somente ela que passa por esse tipo de situação, muitas outras enfrentam isso todos os dias, são agressões, xingamentos, uma total falta de respeito mas espera que esse rapaz que a agrediu venha ser encontrado pela polícia.

 

Via: em.com.br

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.