Uma mulher e duas crianças morreram ao serem atingidos por bomba russa enquanto tentava atravessar corredor humanitário

Não há notícias se o homem sobreviveu.

PUBLICIDADE

As imagens foram feitas por um jornal e chocam ao mostrar a corpo da mãe e os dois filhos mortos no chão ao tentar passar por um corredor humanitário. A família tentava deixar a cidade de Irpin perto de Kiev quando aconteceu a explosão.

De acordo com as informações o morteiro teria caído na rua e levantou uma nuvem de poeira de concreto e quando a nuvem baixou foi possível ver uma família inteira atirados ao chão: uma mãe, um pai, um filho adolescente e uma menina que parecia ter cerca de 8 anos.

PUBLICIDADE

Ao verem a família caída os soldados imediatamente correram para ajudar, mas infelizmente a mulher e as duas crianças estavam mortas o pai ainda estava vivo, mas inconsciente e gravemente ferido.

Não há notícias se o homem sobreviveu, mas com certeza mesmo que tenha escapado ele ainda vai conviver com a dor de ter perdido toda sua família de forma trágica.

PUBLICIDADE

A ONU contabiliza 364 civis mortos em meio aos confrontos e 759 pessoas com ferimentos por causa da guerra que já vai para o seu décimo primeiro dia. No entanto o destacamento das Nações Unidas Diz que esse número é muito maior.

O bombardeio seria um desrespeito ao acordo de paz entre os dois países para retirada dos civis da cidade de Mariupol que fica no sul Ucraniano, pois diversos bombardeios foram registrados na região interrompendo a retirada dos civis.

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.