Vacina chinesa, deu entrada em SP, e nesta segunda-feira devem ser iniciado a nova fase de testes em voluntários, segundo o governo

Nesta madrugada, as vacinas deram entrada no aeroporto de Cumbica e serão reencaminhadas para o Instituto Butantan.

PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira(20), deve dar inicio à realização de testes com os voluntários da vacina chinesa contra o novo coronavírus em SP. Depois de uma parceria realizada com o Instituto Butantan, segundo as informações do governo do estado.

As doses da respetiva vacina, deram entrada no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos na madrugada desta segunda(20). O avião que fez o transporte das vacinas, após 11 horas de viagem, saiu do aeroporto de Frankfurt, Alemanha e pousou pouco depois das 4h no Aeroporto Internacional de SP.

PUBLICIDADE

Já nesta terceira fase de testes da vacina, contra o novo coronavírus, média de nome mil voluntários irão receber a tao desejada vacina. O medicamento tao aguardado desde o inicio da pandemia, que já tirou a vida a milhares de pessoas.

Nesta última quarta-feira(15), o Instituto Emílio Ricas, deu inicio aos cadastros dos voluntários. Mas as inscrições, continuam disponíveis e a prioridade maior, é testar em profissionais da linha da frente na área de saúde.

PUBLICIDADE

Segundo as informações dadas pelo governo estadual, o centro de testes, já se encontra em adaptação a uma fábrica de produção de vacina. Ainda a mesma capacidade de produção, pode chegar aos cem milhões de doses.

Segundo o laboratório chinês, prevê ainda que no caso, que a vacina seja efetiva, o Brasil terá sessenta milhões de doses, para que sejam distribuídas.

PUBLICIDADE

A parceria entre ambas as partes, foi anunciada no passado dia 11 de junho. Ainda na mesma altura, o governador João Doria, também falou que, se for comprovada o efeito e segurança da vacina, ela também poderá a ser vir disponibilizada ja em Junho de 2021 no SUS.

A vacina Coronavac, está nos testes fase 3, e serão efetuados numa larga escala, e precisa de fornecer uma avaliação definitiva, que comprove o efeito e segurança, sendo que a vacina, precisa ser capacidade de ela mesmo criar anticorpos para imunizar contra o vírus.

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!