Vizinhos chamam a polícia após gravar áudio de pai agredindo filho de 14 anos por ser gay: “Você tem que mudar se não mudar te arrebento”

Na gravação, é possível ouvir o menino apanhando enquanto o homem o ameaça, em Jataí. Ele foi levado a delegacia e negou que o motivo da agressão seja a orientação sexual do filho.

PUBLICIDADE

Um homem é suspeito de agredir o filho de 14 anos por ser homossexual, o caso aconteceu na cidade de Jataí em Goiás.

O homem foi levado à Delegacia após o filho denunciar as agressões, ele escreveu uma carta aos vizinhos e eles gravaram um áudio e enviou para a polícia civil.

PUBLICIDADE

Na gravação é possível ouvir o pai ameaçando o filho, disse que estava cansado de falar e que era para ele mudar e se ele não mudasse iria matá-lo e arrebentar.

O homem não teve a identidade divulgada, diante da Polícia Civil ele negou as agressões disse que não se importava e aceitava o filho da maneira que ele quisesse.

PUBLICIDADE

Comentou que pegou o filho acessando vídeos pornográficos no celular, mas mesmo assim não ficou com raiva.

Logo após a denúncia anônima a Polícia foi ao local na residência da família na última quarta-feira (5) e confirmaram as agressões pois o menino tinha várias marcas pelo corpo.

PUBLICIDADE

O pai do garoto não tinha passagem pela polícia mas terá que responder por lesão corporal, ele foi ouvido e foi liberado logo em seguida.

A delegada responsável pelo caso disse que irá ouvir vizinhos e os irmãos do garoto, o Conselho Tutelar entrou no caso ouviu outras denúncias de pessoas próximas ao garoto falando as mesmas coisas, o conselho tutelar foi ao local, a residência para acompanhar tanto o pai como o adolescente, a polícia segue investigando o caso.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.