Morte precoce de apresentadora emociona; doença que causou morte mata 1 a cada 3 horas

PUBLICIDADE

O corpo de Fernanda Young foi velado e enterrado no Cemitério Congonhas, zona sul da cidade de São Paulo, no mesmo dia da morte.

Asma mata

Fernanda Young sofria com uma doença comum a muitos brasileiros: asma. A doença crônica que ataca o sistema respiratório podde matar. De acordo com Dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, cerca de 10% dos brasileiros sofrem com esta doença.

A asma não tem cura, é hereditária e a melhor arma para combater o problema é a prevenção. Tomar os remédios recomendados pelos médicos após o diagnóstico da doença é importante porque evitar crises agudas.

Não se sabe se Fernanda Young tomava ou não os remédios. O que se tem certeza é que ela sofreu uma crise aguda e o coração não resistiu. A apresentadora entra para as estatísticas de mortes. Cerca de 2 mil pessoas morrem vítima dessa doença por ano no Brasil.

PUBLICIDADE

O número é muito maior do que o imaginado. Portanto, todo cuidado é pouco. Quem tem asma deve seguir à risca as recomendações médicas.

 

Via: uai.com.br